23.3.10

Estágios PEPAC

http://dre.pt/pdf1sdip/2010/03/05601/0000200017.pdf

Por Exemplo: Administração Regional de Saúde do Centro, I. P.
Nº Lugares Área: 18 Psicologia., 1 Sociologia e Outros Estudos, 12 Trabalho Social e Orientação.

10 comentários:

S Guadalupe disse...

Há muita criatividade por aí na definição das áreas... valha-nos a paciência para aturar isto!

Maria Sónia disse...

Pode crer professora!!! É preciso ter cá uma santa paciência!!!

Duarte disse...

Trabalho Social e Orientação?? Não me digam que são daqueles cursos profissionais do secundário! Sónia já que é de Coimbra, tente lá esclarecer isto, se faz favor.

Duarte disse...

Parece que é mesmo segundo o catálogo nacional de qualificações... Incrível. Este parece ser o princípio do fim do Serviço Social da saúde.
http://www.catalogo.anq.gov.pt/AreasEducacaoFormacao/TrabalhoSocialOrientacao/Paginas/qualificacoes.aspx

JaneKa disse...

...que espetáculo! :o estou absolutamente espantada! tens a certeza que é mesmo segundo o catálogo nacional de qualificações!?!?

Duarte disse...

Sim, basta conferir com o código. Há pouco falei do Serviço Social da saúde mas ao analsar melhor o documento, fiquei horrorizado com o que vi. Não há praticamente organismo nenhum que não vá contratar estágios destes. Ou seja, o PEPAL apenas colocará estagiários do 12.º ano da área de Trabalho Social e Orientação e nem um, como poderão verificar na portaria publicada, de licenciatura em Serviço Social. O Serviço Social português bateu no fundo. Espero que a APSS como única organização que nos representa enquanto classe tome uma posição porque o assunto parece ser MUITO grave. Todas as outras áreas foram respeitadas em termos de licenciatura, menos a nossa. A APSS que averigue o que está a passar.

JaneKa disse...

Estou de acordo com o que disseste Duarte...Embora não seja apenas a nossa área que é desrespeitada! Há muitas, muitas mais...basta comparar o quadro que nos informa das vagas existentes em cada área:

http://www.governo.gov.pt/pt/GC18/Documentos/MFAP/PEPAC_Estagios.pd

com o catálogo nacional de qualificações

http://www.catalogo.anq.gov.pt/ConsultaCatalogo/Qualificacoes/Paginas/Qualificacoes.aspx

Isto é simplesmente vergonhoso, com todas as letras! Aqui estão os tais não sei quantos mil estágios que o nosso amigo Sócrates falava há uns tempos atrás...Pura areia aos olhos dos portugueses...
Nem sei mais o que dizer...

Saudações sociais de alguém que ainda tem esperança (...) de exercer na área com que sempre sonhou...e ainda sonha! =o

Duarte disse...

Quando digo que a nossa área, ou melhor, a nossa habilitação académica de licenciados em Serviço Social é a mais desrespeitada, digo porque neste concurso não surge uma única vaga para licenciados em Serviço Social, mas apenas para Trabalho Social e Orientação. Ora bem, claro que a questão de fundo mostra um desrespeito por todos, dado que se trata de um verdadeiro abuso do trabalho precário em detrimento de contratações "normais". Mas até aí nós saímos os mais prejudicados e diria mesmo humilhados. A haver estágios que fossem pelo menos de Serviço Social. É que no nosso caso nem a isso tivemos "direito". Foi nesse sentido que disse que eramos os mais desrespeitados.

JaneKa disse...

Sim, eu entendo o que queres dizer... Mas esse «abuso do trabalho precário em detrimento de contratações "normais"» é em todas as áreas! De entre 49 áreas que este concurso abrange, apenas cerca de 20/25 áreas é que pedem licenciatura... claro que não é justo...sei lá que diga mais! :o

sarinha disse...

Concordo com tudo o que disseram...sinto-me desrespeitada, humilhada e frustrada...
Questiono-me muitas vezes porquê que tirei esta Licenciatura que ninguém sabe o que é, para que serve ou como se chama.
Não há emprego, não há respeito...parece um curso de segunda, quando foi uma licenciatura bastante completa na minha opinião (que tirei a licenciatura no ISSSP, 5 anos)...
Enfim!
A desilusão é muita...será que vale a pena continuar a tentar?